Quais as plantas medicinais mais usadas no Brasil?

Toda planta oferece uma propriedade curativa. O mais importante é saber qual seu poder e como usá-la.

As plantas foram as primeiras formas de cura oferecidas pela natureza usadas pelo homem. Há mais de setenta mil anos, quando os humanos viviam agrupados pelos campos e matas, que essa prática vem passando de geração em geração até os nosso dias.

O homem primitivo, através de necessidades, tentativas, erros, acertos e coragem para experimentar foi aprimorando seu conhecimento e utilizando de sementes, frutos, cascas, folhas e raízes descobrindo o poder das plantas.

Atualmente, o uso das plantas medicinais vem ganhando espaço na ciência. Estudo e pesquisas estão sendo realizados com as plantas e comprovando sua eficácia na cura de várias doenças.

Todos os povos desenvolveram seu conhecimento sobre as plantas e seu uso medicinal, mas é inegável a contribuição dos povos indígenas (Medicina Yanomami) no avanço destas descobertas.

No Brasil não existem dados estatísticos que possam comprovar as plantas mais usadas. Seria quase impossível checar as plantas de uso doméstico.

Porém o Ministério da Saúde (entre 2003 e 2010) financiou um pouco mais de cem pesquisas relativas a este assunto.

O que foi comprovado é que plantas medicinais muito antigas como o aranto, que eram receitadas pelas bisavós, tiveram sua capacidade de cura comprovadas e reconhecidas pela ciência.

Nunca é demais lembrar que mesmo sendo considerada natural, as plantas devem ser usadas com cuidado e orientação. Mesmo aquelas mais comuns e conhecidas devem ser administradas conforme indicação. O uso na quantidade errada ou mal preparada pode fazer mais mal do que bem. Evite a automedicação pois é sempre perigosa.

Então as plantas mais antigas, mais comuns e mais usadas pelos brasileiro (que já passaram por comprovações cientificas) são:

  • Camomila

Possui um efeito calmante por isso é bastante Indicada para ansiedade, insônia e nervosismo. Ajuda também no tratamento de resfriados, má digestão, diarreia, irritação da pele, inflamações nasais e sinusite.

  • Babosa (Aloe Vera)

Seu uso indicado é somente externo pois sua ingestão não é recomendada. Tem um alto poder cicatrizante muito usado em queimaduras, inflamações da pele e feridas.

  • Quebra Pedra

Indicado no combate a infecções urinarias e cálculos renais.

  • Boldo

Excelente auxiliar no alívio de problemas digestivos, indigestão e azia.

  • Guaco

Alivia sintomas de gripes, resfriados e desobstrui as vias respiratórias.

  • Tanchagem (Tansagem ou Transagem)

Seu poder antibiótico age nos casos de inflamações de garganta, intestinos, útero, faringite, aftas, amigdalite, laringite, infecções urinarias, diarreia, azia, diurético, problemas de fígado e estomago. Veja mais detalhes no vídeo abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *